Moda e publicidade no Brasil nos anos 1960
Passe o mouse e veja a foto com o zoom

Moda e publicidade no Brasil nos anos 1960

Autor: MARIA CLAUDIA BONADIO
Avalie este Livro:

Moda e Publicidade no Brasil nos anos 1960 aborda temática exclusiva sobre o desenvolvimento da indústria da moda no país.

Selecione qual opção deseja:
Preço: 99

R$ 99,00 por

R$ 10,00 à vista

Economia de R$ 89,00

em 3x de R$ 3,33

Total a Prazo:R$ 9,99

Calcule o valor do frete e o prazo de entrega

Não sei meu CEP
  • Tipo: Livro
  • Título: MODA E PUBLICIDADE NO BRASIL NOS ANOS 1960
  • Autor: MARIA CLAUDIA BONADIO
  • Editora(s): NVERSOS EDITORA
  • ISBN: 9788564013650
  • Área: COMUNICAÇÃO E NEGÓCIO / RELACIONAMENTOS / MODA
  • Idioma: Português
  • Procedência: BRASIL
  • Data de Lançamento: 11/2014
  • Número de Páginas: 272
  • Tamanho: 29,50 x 1,50 x 21,00
  • Edição: 1ª EDIÇÃO
  • ISE: N
A segunda metade do século XX ficou marcada na moda pelas roupas de tecidos sintéticos e pelas coleções de prêt-à-porter. É sobre esse momento histórico que a doutora em História Maria Claudia Bonadio traça um panorama, oferecendo, além da linha cronológica, um contexto histórico e cultural do momento vivido pelo país a partir das estratégias de marketing da Rhoda Têxtil e do publicitário Livio Rangan (1930-1985). Durante o período, a empresa relacionava as peças de fios sintéticos com as artes e a cultura brasileiras, mais frequentemente com a música, às artes plásticas e a cor local de diversas regiões do País para atrair o público. Além disso, a Rhodia aproveitava a Feira Nacional da Indústria Têxtil (Fenit), para lançamentos e divulgações com shows-desfiles unindo suas peças a diversos artistas nacionais, entre nomes da música popular, teatro e artistas plásticos. Alisando as estratégias de publicidade, o discurso e a relação com o publico, Maria Claudia descreve, além do ambiente da moda no período, o contexto cultural que vivia o país.
Agradecimentos
Prefácio de Roberto Duailibi: Livio e sua época
Intro
Os homens da Praça Roosevelt
Era uma vez... um italiano que virou brasileiro
1
1.1 Do Carnaval ao guarda-roupa: a Rhodia no Brasil (1919-1970)
1.2 Um novo mundo, um novo produto: Nylon
1.3 Exigências da vida moderna
1.4 O prêt-à-porter no Brasil dos anos 1960
2
2.1 A Fenit e as histórias do  jacaré
2.2 Caio de Alcântara Machado e a invenção da tradição
2.3 As feiras de negócios ou  o espetáculo das indústrias
2.4 Rhodia: a grande atração da Fenit
3
3.1 Bom, bonito e barato
3.2 Os Cruzeiros da Moda (1960-1962)
3.3 A coleção Brazilian Look (1963)
3.4 Lugares da memória, lugares da moda
3.5 A publicidade de moda e as revistas femininas
4
4.1 Esboços da profissionalização da moda
4.2 Figurinistas e estilistas
4.3 Profissão: modelo e manequim
4.3.1 As primeiras modelos negras
4.3.1.1 Negro é lindo?
4.4 A moda masculina
4.5 Fotografia de moda
5
5.1 O Ziegfeld   brasileiro
5.2 A moda e o consumo da arte brasileira
5.2.1 A Coleção Rhodia do MASP: moda é arte?
5.3 Música e moda
5.3.1 O Tropicalismo é nosso!
5.3.2 Build Up: Rita Lee, Brazilian Octopus, Sérgio Mendes e os festivais
5.3.3 Imagens da música
6 A publicidade que virou história
Anexo I
Anexo II
Fontes Bibliográficas
Crédito das Imagens
MARIA CLAUDIA BONADIO
Nenhuma opinião informada sobre o produto.

Produtos Visitados

- Limpar Histórico
False
?