Rapaz com autismo abre seu próprio negócio

Atualizado: Abr 30


Uniforme da cafeteria Red White & Brew.

Estima-se que, em todo o mundo, que a cada 160 crianças 1 possua o transtorno do espectro autista. O TEA (transtorno do espectro autista) se configura como um transtorno neurológico que afeta a interação social, comunicação verbal e a comunicação não verbal. Infelizmente, os autistas ainda possuem muitas dificuldades de aceitação por grande parte da sociedade e enfrentam resistência ao procurarem por um emprego formal.

Visto isto, uma história como a do garoto norte-americano, Michael Coyne, é de importante destaque.

Michael tomou uma importante decisão ao completar 21 anos, a de começar a trabalhar, no entanto, encontrava uma barreira em seu caminho, sofria preconceito e diversas dificuldades de conseguir um emprego formal devido a sua condição de autista.

“Após completar 21 anos, me inscrevi em vários lugares. Nenhum deles me contratou", disse Coyne.

Contudo, Sheila Coyne, mãe de Michel, sugeriu que o filho procurasse uma maneira alternativa de encontrar um emprego. Sendo assim, ele buscou ajuda e obteve o apoio da família e do programa do Conselho de Deficiências do Desenvolvimento, programa de incentivo norte-americano. Esse programa apoia e impulsiona as ações e atividades de pessoas com deficiência. Isso impulsionou Michel a tomar uma decisão e abrir uma cafeteria.

"Não é fácil para os pais verem seu filho sentar-se na mesa de jantar da cozinha enquanto todos estão aproveitando a vida e os colegas de trabalho, e conversando sobre o dia deles" disse Sheila Coyne.

O sonho se realizou e Michael abriu seu próprio negócio a Red White & Brew Coffeehouse. Atualmente ele tenta trazer esperança para outros jovens que possuem a mesma deficiência, ou outras, e montou sua equipe repleta de pessoas com necessidades especiais.

Michael Coyne atendendo em sua cafeteria.
"Somos uma cafeteria familiar que serve mais do que uma xícara de café. Empregamos pessoas com deficiência no desenvolvimento, incentivamos o envolvimento da comunidade e mudamos a maneira como o mundo vê as pessoas com deficiência. #EuSouCapaz" (Descrição da missão da cafeteria em sua página Facebook)

Em pouco tempo, a cafeteria se tornou um sucesso e um refúgio para outras famílias que têm filhos com deficiência, sendo uma fonte de resistência e acolhimento para todos.

"Tivemos pais entrando com lágrimas nos olhos, na esperança de que seus filhos pequenos fossem eventualmente aceitos na comunidade", disse a mãe de Coyne.
Michael Coyne dono da cafeteria Red White & Brew


Livros relacionados:

Fonte: ABC6

Fotos: Red White & Brew Coffeehouse

80 visualizações

nVersos Editora Ltda.

Rua Cabo Eduardo Alegre, 36

Sumaré - São Paulo /SP

CEP: 01257-060

CNPJ: 10.797.141/0002-11 

Mapa do Site

Sociais