5 Filmes essenciais para entender o Autismo

O Autismo é um transtorno que afeta o sistema nervoso, a capacidade de se comunicar e a interação com outras pessoas. Alguns sintomas são bem comuns em pessoas com essa condição, como a dificuldade na comunicação e na socialização, interesses obsessivos e comportamentos repetitivos.


Tal condição começa a despertar indícios na primeira infância e possui níveis: leve, moderado e grave. O diagnóstico precoce do TEA (Transtorno do Espectro do Autismo) é essencial para uma maior eficácia do tratamento, que pode ser feito com terapias comportamentais, educacionais e familiares, e que tendem a minimizar os sintomas, além de oferecer um apoio para o melhor desenvolvimento da criança.


O diagnóstico é feito com auxílio de um neuropediatra, psicólogos e terapeutas. Contudo, o diagnóstico leva tempo, ou seja, alguns meses ou até anos, pois, como é um transtorno relacionado ao comportamento, deve ser avaliado com muito cuidado para não chegar a uma conclusão errada.


E para te ajudar a entender melhor sobre o TEA (Transtorno do Espectro do Autismo), seguem abaixo dicas de filmes que valem a pena serem vistos.


1 - Temple Grandim (2010)


Filme que narra a luta de Temple Grandin para ter uma vida comum apesar do espectro. No filme a jovem Temple é incentivada pelo professor que nota um talento especial na garota. Ela chega à universidade e usa sua sensibilidade e habilidade com os animais para desenvolver uma técnica que revoluciona a indústria agropecuária estadunidense. Créditos da imagem HBO/Divulgação.



2 - Tão Forte e Tão Perto (2011)


Oskar (Thomas Horn) é um menino sensível e muito apegado ao pai (Tom Hanks). Com o objetivo de fazer o menino se comunicar mais com outras pessoas, Thomas, o pai, cria uma história sobre um distrito que já existiu e foi esquecido. No entanto, Thomas morre no fatídico 11 de setembro, logo após o ocorrido, o menino encontra uma carta misteriosa e segue em busca do distrito desconhecido que o pai inventou. O filme não fala de modo explícito, mas o personagem de Oskar possui Síndrome de Asperger. Créditos da imagem Warner Bros. Pictures.



3 – Uma Lição de Amor (2001)


Sam Dawson é um pai solteiro que tem autismo e cuida da sua filha com ajuda de amigos. Após a garotinha completar 7 anos e ultrapassar o pai intelectualmente, uma assistente social do colégio nota as dificuldades do pai e abre um processo de tutela, ou seja, deseja tirar Lucy do convívio familiar e colocá-la em um orfanato. Porém, uma advogada importante pega o caso e ajuda Sam. Créditos da imagem Playarte Filmes.



4- Meu Nome é Radio (2003)


Este filme conta a história de Radio (Cuba Gooding Jr.), jovem autista que após sofrer muito com vários tipos de preconceitos, acaba recebendo apoio e orientação do treinador de futebol americano da cidade, que fica na Carolina do Sul (EUA). Essa parceria entre aluno e mentor muda a vida de ambos e também as coisas no colégio. O filme foi baseado em uma história real. Créditos da imagem Revolution Studios.



5 – Rain Man (1988)


O vendedor de carros Charlie (Tom Cruise) recebe a notícia de que seu pai faleceu. Após isso decide retornar a sua cidade natal, mas ao chegar descobre que tem um irmão com autismo e que seu pai deixou toda a herança para a instituição na qual o irmão dele, Raymond (Dustin Hoffman), vive. Raymond é autista, no entanto, possui uma grande inteligência para lidar com números e Charlie usa isso ao seu favor nos negócios. Então, Charlie vai até Los Angeles com o irmão para com a ajuda de advogados disputar sua parte da herança e se livrar da custódia de Ray. Porém, durante a viagem Charlie reconhece que Raymond pode não ser o irmão que ele desejava, mas se tornou o irmão que ele precisa. Créditos da imagem Mirage Entertainment.



Gostou das nossas dicas cinematográficas? Assista e conheça um pouco mais sobre o TEA.

42 visualizações