Cinema e Psicanálise Vol. 1 - A Criação do Desejo - 1ª Edição
Cinema e Psicanálise Vol. 1 - A Criação do Desejo - 1ª Edição

Cinema e Psicanálise Vol. 1 - A Criação do Desejo - 1ª Edição

Modelo: Psicanálise
Disponibilidade: Em Estoque
R$ 24,90

Cinema e Psicanálise volume 1


Estar aberta aos ecos discursivos de seu tempo é um fator necessário para que a psicanálise mantenha sua atualidade.Assim, escutando as imagens ou aprendendo a escutar com a imagem em movimento torna-se ponto fundamental na formação do psicanalista.


Robson de Freitas Pereira
APPOA - Associação Psicanalitica de Porto Alegre

 

Como toda obra cultural, o cinema também é uma construção que vai além de uma história. Embora pareça redundante falar que toda narrativa é, na verdade, uma metáfora que apresenta em seu segundo plano de leitura uma discussão sobre valores, ideologias e conceitos, a repetição dessa afirmação não a torna menos verdade. Embora subjetiva como toda avaliação de um produto cultural, o valor de uma produção cinematográfica pode ser avaliado, também, por quão bem ele discute os assuntos que traz em seu segundo plano e como eles são retratados na narrativa de primeiro plano. É sobre essa relação entre representação e significado que trata a coleção Cinema & Psicanálise, organizado por Christian Ingo Lenz Dunker, psicanalista e professor de psicologia do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP) e Ana Lucilia Rodrigues, psicanalista e membro da Associação Psicanalítica de Porto Alegre (APPOA). Divida em cinco volumes: A formação do desejo; A realidade e o real; Filmes que curam; Montagem e interpretação; e História, gênero e sexualidade, a obra traz analogias históricas consagradas ao mesmo tempo em que apresenta contrapontos e questionamentos para enriquecer a discussão. Cada um dos volumes traz, dentro do assunto referenciado em seu título, referências entre obras, personagens e montagens de cinema e dilemas abordados na psicanálise, em uma das possíveis projeções que o espectador pode fazer ao observar uma narrativa, o que demonstra a vastidão de informações que é perdida quando o observador se preocupa em apenas nadar na superfície. Mais que um guia de sentidos ocultos na produção cinematográfica, a série é um catalisador que busca suscitar no leitor a atenção para analisar os filmes além de sua narrativa primária e encontrar neles significados profundos que façam sentido para si, afinal, como disse Anaïs Nin: “Nós não vemos as coisas como elas são. Nós as vemos como nós somos.”.

FICHA TÉCNICA:
Organizadores: Christian Ingo Lenz Dunker e Ana Lucilia Rodrigues
Páginas: 144 páginas
Formato: 13x19  cm
ISBN: 978-85-64013-62-9

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:



Descrição

Cinema e Psicanálise volume 1


Estar aberta aos ecos discursivos de seu tempo é um fator necessário para que a psicanálise mantenha sua atualidade.Assim, escutando as imagens ou aprendendo a escutar com a imagem em movimento torna-se ponto fundamental na formação do psicanalista.


Robson de Freitas Pereira
APPOA - Associação Psicanalitica de Porto Alegre

 

Como toda obra cultural, o cinema também é uma construção que vai além de uma história. Embora pareça redundante falar que toda narrativa é, na verdade, uma metáfora que apresenta em seu segundo plano de leitura uma discussão sobre valores, ideologias e conceitos, a repetição dessa afirmação não a torna menos verdade. Embora subjetiva como toda avaliação de um produto cultural, o valor de uma produção cinematográfica pode ser avaliado, também, por quão bem ele discute os assuntos que traz em seu segundo plano e como eles são retratados na narrativa de primeiro plano. É sobre essa relação entre representação e significado que trata a coleção Cinema & Psicanálise, organizado por Christian Ingo Lenz Dunker, psicanalista e professor de psicologia do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP) e Ana Lucilia Rodrigues, psicanalista e membro da Associação Psicanalítica de Porto Alegre (APPOA). Divida em cinco volumes: A formação do desejo; A realidade e o real; Filmes que curam; Montagem e interpretação; e História, gênero e sexualidade, a obra traz analogias históricas consagradas ao mesmo tempo em que apresenta contrapontos e questionamentos para enriquecer a discussão. Cada um dos volumes traz, dentro do assunto referenciado em seu título, referências entre obras, personagens e montagens de cinema e dilemas abordados na psicanálise, em uma das possíveis projeções que o espectador pode fazer ao observar uma narrativa, o que demonstra a vastidão de informações que é perdida quando o observador se preocupa em apenas nadar na superfície. Mais que um guia de sentidos ocultos na produção cinematográfica, a série é um catalisador que busca suscitar no leitor a atenção para analisar os filmes além de sua narrativa primária e encontrar neles significados profundos que façam sentido para si, afinal, como disse Anaïs Nin: “Nós não vemos as coisas como elas são. Nós as vemos como nós somos.”.

FICHA TÉCNICA:
Organizadores: Christian Ingo Lenz Dunker e Ana Lucilia Rodrigues
Páginas: 144 páginas
Formato: 13x19  cm
ISBN: 978-85-64013-62-9

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:



2017 © Editora nVersos - Todos os direitos reservados