Deus é humor
Deus é humor

Deus é humor

Modelo: humor
Disponibilidade: Em Estoque
R$ 34,90

Deus é Humor é um livro escrito na peculiar e inteligente linguagem das séries de TV.
De maneira deliciosa e particular, a obra apresenta o humano com uma intimidade incestuosa, misturando o sério e o jocoso, o profundo e o leviano. A origem, o porquê, a fé, a liberdade, a doença, a morte e a liberdade, a doença, a morte e a salvação são tratados por meio desta veia humorística que desnuda a experiência tragicômica da existência.Um livro provocante para a cabeça e para barriga, porque mescla dois grandes personagens da existência.O profeta e o palhaço. Diz um antigo ditado judaico que o homem pensa e Deus rir porque nossa compreensão de uma criança que, com suas tiradas e racionais, também nos leva ao riso. A genialidade desta obra não está em revelar coisas que não fariam Deus rir mas no fato de que decide rir junto com Ele.

Nilton Bonder, rabino e Rosh

 

“O existencialismo tem que ser cômico. Ou seja: não é que a vida não tem sentido. É que a gente só sabe o sentido dela depois de viver! Na vida a gente não é autor, nem roteirista, nem diretor. É só personagem”. Essa reflexão está contida no primeiro capítulo, Existencialismo Lúdico, do livro Deus é Humor, escrito por Newton Cannito. Capítulo que poderia batizar a própria obra, afinal, o livro-sátira sobre Deus e a ironia da vida é também um exercício às avessas de existencialismo, em que as respostas para as perguntas sobre a natureza humana satisfazem apenas a vontade de rir de si mesmo. A obra, totalmente ilustrada por Caco Galhardo, é mordaz em analisar as angústias humanas, tratando com acidez os questionamentos que a humanidade tanto insiste em fazer sobre assuntos como fé, morte, amor, tempo e caráter. Com a ironia que só um livro sobre Deus escrito por alguém chamado Newton poderia ter, Cannito reescreve os capítulos do Gênesis e Apocalipse da Bíblia, abordando temas como Ateísmo, casamento, prazer, perdão, sorte e até mesmo dicas de como fugir de um debate chato. Partindo do pressuposto de que alguém onipotente só pode ter um gigantesco senso de humor, afinal, não há nada que essa entidade não possa fazer, Deus é Humor convida o leitor a pensar seu medo existencial por outro prisma e a tratar a espiritualidade com mais leveza. Afinal de contas, se aspiramos ao céu, de nada adianta ter uma fé pesada demais.

FICHA TÉCNICA:
Autor: Newton Cannito
ISBN: 978-85-64013-72-8
Páginas: 112
Formato: 17 X 23 cm

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:



Descrição

Deus é Humor é um livro escrito na peculiar e inteligente linguagem das séries de TV.
De maneira deliciosa e particular, a obra apresenta o humano com uma intimidade incestuosa, misturando o sério e o jocoso, o profundo e o leviano. A origem, o porquê, a fé, a liberdade, a doença, a morte e a liberdade, a doença, a morte e a salvação são tratados por meio desta veia humorística que desnuda a experiência tragicômica da existência.Um livro provocante para a cabeça e para barriga, porque mescla dois grandes personagens da existência.O profeta e o palhaço. Diz um antigo ditado judaico que o homem pensa e Deus rir porque nossa compreensão de uma criança que, com suas tiradas e racionais, também nos leva ao riso. A genialidade desta obra não está em revelar coisas que não fariam Deus rir mas no fato de que decide rir junto com Ele.

Nilton Bonder, rabino e Rosh

 

“O existencialismo tem que ser cômico. Ou seja: não é que a vida não tem sentido. É que a gente só sabe o sentido dela depois de viver! Na vida a gente não é autor, nem roteirista, nem diretor. É só personagem”. Essa reflexão está contida no primeiro capítulo, Existencialismo Lúdico, do livro Deus é Humor, escrito por Newton Cannito. Capítulo que poderia batizar a própria obra, afinal, o livro-sátira sobre Deus e a ironia da vida é também um exercício às avessas de existencialismo, em que as respostas para as perguntas sobre a natureza humana satisfazem apenas a vontade de rir de si mesmo. A obra, totalmente ilustrada por Caco Galhardo, é mordaz em analisar as angústias humanas, tratando com acidez os questionamentos que a humanidade tanto insiste em fazer sobre assuntos como fé, morte, amor, tempo e caráter. Com a ironia que só um livro sobre Deus escrito por alguém chamado Newton poderia ter, Cannito reescreve os capítulos do Gênesis e Apocalipse da Bíblia, abordando temas como Ateísmo, casamento, prazer, perdão, sorte e até mesmo dicas de como fugir de um debate chato. Partindo do pressuposto de que alguém onipotente só pode ter um gigantesco senso de humor, afinal, não há nada que essa entidade não possa fazer, Deus é Humor convida o leitor a pensar seu medo existencial por outro prisma e a tratar a espiritualidade com mais leveza. Afinal de contas, se aspiramos ao céu, de nada adianta ter uma fé pesada demais.

FICHA TÉCNICA:
Autor: Newton Cannito
ISBN: 978-85-64013-72-8
Páginas: 112
Formato: 17 X 23 cm

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:



Produtos Relacionados

2017 © Editora nVersos - Todos os direitos reservados